quarta-feira, 25 de abril de 2012

DESAPEGAR



Esquecer, to forget, oublier, dimenticare, olvidar.
Esquecer é um belo verbo.
Não se acanha em nos convidar 
Não importa em qual língua. 
Sua verve ferve.
Vai-se e nos deixa a míngua.
E a nossa lembrança a se apagar.
Resta-nos só o olhar.
E o abusado do novo a dançar
A ocupar os espaços vazios 
Deixados pela angústia. 
A nos maltratar, a nos maldizer.
Reter para quê?
Se pudermos ser livres!
Se pudermos ser felizes! 


Nathalia Leão Garcia
Rio, 26 de abril de 2012 



REFLEXÕES SOBRE A VIOLÊNCIA

Escrevo agora pela necessidade de me pronunciar sobre os acontecimentos atordoantes que se desenrolaram nas dependências de nosso Colégio ...