quinta-feira, 17 de maio de 2012

SÓ BALÕES


Somos especiais pela singularidade
Seres únicos e livres.
Transitamos pela diversidade.
Carregamos a nossa precária condição,
Seres carentes e urgentes de atenção.
Brincamos com os nossos balões
Que representam os nossos desejos,
Que sejam leves e lindos.

Nathalia Leão Garcia

Rio, 15 de maio de 2012.


O SUJEITO NA PÓS MODERNIDADE: A INSUSTENTÁVEL FLUIDEZ

                                                                                                        O SUJEITO NA PÓS MODERNIDADE:...