quinta-feira, 21 de junho de 2012

DESACORDAR


Somos românticos incorrigíveis
O coração teima e se embrenha de novo
Brinca de esconde- esconde da gente,
Mostra-se acanhado em sonhos impossíveis
O sentimento não cumpre acordos
Derruba os tabus, encara a barreira.
Às vezes volta atrás e depois vai em frente,
Desmente a razão, capricha e titubeia.
Ah coração vagabundo!
Sofre, se rasga,  mas não renega o que sente
Diante da "gritaria surda do mundo."

Rio, 21 de junho de 2012.
Nathalia Leão Garcia 



CONFISSÕES DE UMA REJUVENESCENTE

Na eminência dos 50 anos revigorada Ainda tento colher minhas memórias reticentes A desorganização do meu ser em desalinho esparramad...