domingo, 26 de agosto de 2012

DEMASIADO


A voracidade devora os dias.
A sede embriaga a vontade. 
A fome sacia o desejo.
A volúpia interdita as vias.
A benevolência encharca a bondade.
A malícia aniquila o beijo.
A fantasia alimenta o sonho
É a poesia que componho para pedir mais e mais. 
  

Nathalia Leão Garcia
Rio, 26 de agosto  de 2012.


CONFISSÕES DE UMA REJUVENESCENTE

Na eminência dos 50 anos revigorada Ainda tento colher minhas memórias reticentes A desorganização do meu ser em desalinho esparramad...