quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

TANTO FAZ ?




O desejo subsiste mesmo quando transferido!
Não é inexistente!
Apenas está latente.
Pode estar camuflado, escondido.
Talvez tenha se travestido
e através do outro vai se manifestar.
O poder é compartido.
Não há acasos!
Toda escolha leva a renunciar.
Pego algo, perco um pouco.
Esse é o jogo!
Perder para ganhar.
É utopia a neutralidade.
Por isso a negação é fogo!
Não finja agir com naturalidade.
As segundas intenções estão embutidas.
A inocência presumida não é verdade.
A suposta “não ação” é subversiva.
Subterrânea, age nos bastidores.
São desejos de não desejar.
As promessas serão cumpridas.
Somos na vida apenas atores!


Rio, 16 de janeiro de 2013

Nathalia Leão Garcia 



REFLEXÕES SOBRE A VIOLÊNCIA

Escrevo agora pela necessidade de me pronunciar sobre os acontecimentos atordoantes que se desenrolaram nas dependências de nosso Colégio ...