quinta-feira, 30 de maio de 2013

ECOS


                                       A Rosa - Salvador Dali


Desafia os fios do tempo
Desarruma a bruma dos becos
Desvirgina a matina em cor
Desatina a sina da lida
Desabrocha a roxa flor
Desassossega a entrega que vacila
Desmantela a tela da dor
Descomporta a porta aberta
Desmesura a cura do amor
Acaricia a delícia em prosa
Imprime o crime do ardor
E se traduz em toda a luz da rosa.

Nathalia Leão Garcia

Rio, 30 de maio de 2013

                             Surrealismo 

ENVIO AO CÉU

             Meu querido amigo Israel!           Hoje lhe conto da emoção que reverbera no meu ser, com a leitura do Conto Olhos D´água...