segunda-feira, 2 de setembro de 2013

COR- AGEM AÇÕES COM O CORAÇÃO




Pensando eu estava hoje sobre como é muito mais fácil amar as pessoas simpáticas, politicamente corretas, vitoriosas, cheias de sucesso. Difícil amar alguém como eu e você, somos tortos, politicamente duvidosos, erramos pelo meio do caminho, pegamos atalhos, nos perdemos, não temos certeza de coisa nenhuma, damos nossos ataques, explodimos as pontes, nos enfiamos em cada buraco..., travamos uma luta selvagem com as nossas compulsões e sabotadores internos, ufa!!!
Solidão do ego, ah se eu tivesse isso!!!! Meu ego grita, esperneia, se oferece ao escárnio e eu ainda tento fazer piada e rir do meu ridículo! Tá certo que sou péssima pra contar piada, sou desajeitada geral! Mas adoro rir de tudo e até de mim mesma patética, me preocupando com tudo!
Meus queridos amigos, da minha forma mais torta, lesada e sem jeito digo que amo cada um com as suas imperfeições e todo o pacote de doçuras e travessuras! Todo o meu jeito desorientado de ser dá uma pista do porque enfio os pés pelas mãos, me perco, xingo, me rebelo. Isso faz parte da minha passionalidade, esse sangue latino e incontrolável que ostento! O cavalo de fogo que me habita me absolve e pede humildemente, dê uma chance aos que não ocupam os primeiros lugares nos pódios e palcos!

Nathalia Leão Garcia 

Rio de Janeiro, 31 de agosto de 2013 




CONFISSÕES DE UMA REJUVENESCENTE

Na eminência dos 50 anos revigorada Ainda tento colher minhas memórias reticentes A desorganização do meu ser em desalinho esparramad...