terça-feira, 21 de agosto de 2012

TRÂNSITOS


Saturno representa o que temos de levar a sério, o peso da existência, o concreto, o material, o que precisamos respeitar.

Vênus é a imagem do que sentimos, como amamos, o quê amamos. A atração, a beleza, a suavidade.

Precisamos assegurar o nosso sustento e atravessar os desertos, cuidar das feridas, juntar os cacos.

Mas, o nosso eterno sonho de aconchego, de amparo e colo nos faz buscar o amor, o encontro com o outro.
Prazer e dor às vezes se confundem em tortuosos passos.
Para alcançar o que desejamos às vezes nos oferecemos a doces torturas.
Os jogos adultos nos fragmentam e deixam aos pedaços.
Mas, só o próprio sujeito pode recolher seus estilhaços e reinventar-se!
As minhas lacunas só eu posso preencher.
Manter a minha criança interior me resguarda da perda do que tenho de melhor.
Os descaminhos nos levam a nos afastar da nossa natureza.
A escolha é solitariamente individual.
Somos responsáveis pelas nossas escolhas.
O traçado da travessia faz toda a diferença.
Por isso, vivo com intensidade as perdas, o luto, os danos até o mais fundo.
Experimento a minha fragilidade na sua expressão absoluta.
Porém quando volto à tona, ressurgida das cinzas,
me revigoro e renasço como Fênix do fogo!


Nathalia Leão Garcia 

Rio, 20 de agosto de 2012. 



REFLEXÕES SOBRE A VIOLÊNCIA

Escrevo agora pela necessidade de me pronunciar sobre os acontecimentos atordoantes que se desenrolaram nas dependências de nosso Colégio ...