sábado, 30 de junho de 2012

POR QUÊ ESCREVER?



Escrevendo expomos
Os seres que somamos
Por quem somos habitados
Seres envoltos em sombras
Renegados, deserdados
Sem pátria, desamparados.
Somos todos e ninguém
Esse eu indefinível
Quer se mostrar à luz do dia
E provar que é possível
Sair da angustia vazia
Abusar da loucura indizível
Dizer o que lembramos
E o que esquecemos
Acolher os clandestinos.
É por isso que escrevemos.

Rio, 30 de junho de 2012.
Nathalia Leão Garcia




CONFISSÕES DE UMA REJUVENESCENTE

Na eminência dos 50 anos revigorada Ainda tento colher minhas memórias reticentes A desorganização do meu ser em desalinho esparramad...