terça-feira, 24 de abril de 2012

ENFRENTE E VERSO


Tudo tem frente e verso.
Mesmo o perverso traz em si o solidário!
O reprimido se faz indomável. 
O insano carrega o lúcido.
Da loucura irrefreável se chega à cura.
Pela procura se chega ao fim. 
Um lado contempla o outro.
Metade de mim é vulcão
E a outra metade é doce canção.
Eu me perdi pra me achar!
Olhar agradecido pela mesma febre partilhar!

Nathalia Leão Garcia
Rio, 19 de abril de 2012



REFLEXÕES SOBRE A VIOLÊNCIA

Escrevo agora pela necessidade de me pronunciar sobre os acontecimentos atordoantes que se desenrolaram nas dependências de nosso Colégio ...