sexta-feira, 11 de maio de 2012

VERSOS AVESSOS


Meus versos são explícitos, 
Exalam o amor que sinto com intensidade, 
Gritam por socorro e choram de saudade! 
Meus versos não pedem licença, 
Arrombam portas, 
Desabam os portais
Desconstroem as barreiras
E os muros reais.

11 de maio de 2012.

Nathalia Leão Garcia


CONFISSÕES DE UMA REJUVENESCENTE

Na eminência dos 50 anos revigorada Ainda tento colher minhas memórias reticentes A desorganização do meu ser em desalinho esparramad...